Blog

Roteiro de igrejas em São João del Rei

Enriqueça sua viagem conhecendo nosso roteiro de igrejas em São João Del Rei. Famosa pela arquitetura colonial e pelas festas populares que movimentam suas ruas, São João del Rei é uma importante cidade de Minas Gerais. Sua história teve início em 1704, quando ainda era um arraial. Ao longo dos anos, pela crescente importância comercial, se tornou uma vila e posteriormente a cidade de São João del Rei. Foi também o berço de um dos movimentos mais importantes do Brasil: a Inconfidência Mineira.

Os festejos religiosos são muito conhecidos na região. Especialmente durante a Quaresma e a Semana Santa, onde turistas e moradores participam de procissões relembrando a Paixão de Cristo e da confecção dos tapetes de areia e flores nas ruas, que são verdadeiras obras de arte. Apresentações de teatro, canto e dança também fazem parte das atividades neste período, quando a maioria das igrejas históricas ficam abertas para visitação.

Se você vai viajar para São João del Rei nesse ou em outro período do ano, confira as igrejas que não podem ficar de fora do seu roteiro de viagem!

Igreja de São Francisco de Assis em São João Del Rei

Uma das mais belas obras do período colonial mineiro, a Igreja de São Francisco de Assis atrai os olhares dos visitantes por sua beleza e história. A construção teve início em 1774 e foi conduzida pela Venerável Ordem Terceira de São Francisco de Assis, irmandade que contou com a participação de Tancredo Neves, mineiro de São João del Rei e ex-presidente do Brasil. Hoje, seu corpo está sepultado no cemitério da Ordem Terceira, que fica nos fundos da igreja.

Para tornar sua história ainda mais interessante, uma polêmica perdura até os dias de hoje: pela falta de uma documentação que comprove, existe a dúvida sobre a autoria do projeto de construção da igreja. Dois artistas podem ter sido os responsáveis pela obra: Aleijadinho e Francisco de Lima Cerqueira. Alguns especialistas afirmam que o projeto é de Aleijadinho, ao observar o estilo das obras de arte da igreja, similares ao restante de suas criações. Os detalhes arquitetônicos em estilo rococó, a representação em relevo da Santíssima Trindade, as telas que representam a Santa Ceia e a Traição de Judas, além da tradição dos repiques do sino da igreja, encantam os visitantes.

Igreja de Nossa Senhora das Mercês em São João Del Rei

Vale a pena subir a escadaria da Igreja de Nossa Senhora das Mercês para conhecer esta bela construção. Ela está localizada em um ponto elevado da cidade e foi reconstruída em 1877, substituindo a construção de uma antiga capela de 1751, que já havia sido reformada em 1808, como um culto a Nossa Senhora das Mercês.

Uma peculiaridade da igreja é sua única torre quadrilátera, localizada do lado esquerdo e afastada 10 metros da linha da fachada. Os quadros de Angelo Biggi, que representam o Natal e a Fugida para o Egito são belíssimos. A iluminação das janelas verticais, que dão um tom azul às paredes laterais da capela-mor, enfeitadas com estrelas douradas em relevo, também atraem a atenção de todos.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário em São João Del Rei

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário foi a primeira a ser construída na cidade de São João del Rei. Em 1719, quando a cidade ainda era um arraial, a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos iniciou sua construção.

Negros escravos trabalharam no projeto e também frequentavam a igreja. Após várias reformas, a obra perdeu algumas das suas características iniciais, mas ainda reserva muitos encantos para seus visitantes.

Igreja de Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei

Conhecida como Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar, a igreja possui arquitetura neoclássica na fachada e características do barroco mineiro em seu interior. Por ser muito ampla, a nave da igreja conta com seis altares dedicados a diferentes santidades, como São Miguel, Nossa Senhora do Rosário, Nosso Senhor dos Passos, Nossa Senhora da Boa Morte, Santa Ana e Nossa Senhora da Conceição.

O teto da Catedral, de autoria de Venâncio José do Espírito Santo, é considerado a maior superfície pintada do barroco mineiro. No coro da igreja, orquestras interpretam partituras de compositores da região, como Padre José Maria Xavier.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo em São João Del Rei

A construção da Igreja de Nossa Senhora do Carmo teve início em 1733 e contou com a participação do artista Francisco de Lima Cerqueira.

Projetada no auge do estilo rococó, a igreja possui semelhanças se comparada à Igreja de São Francisco de Assis. O posicionamento das torres dos campanários, recuadas em relação à fachada principal, é uma das principais similaridades. Um diferencial é que ela possui uma relação direta com a Rua Getúlio Vargas, que está alinhada à fachada principal.

Igreja de São Gonçalo Garcia em São João Del Rei

A Igreja de São Gonçalo Garcia foi construída para substituir uma capela de 1722. Em seu interior, as imagens de São Gonçalo, São Francisco de Assis e Santa Joana D’Arc são destaque para os visitantes.

A devoção aos santos reúne militares da cidade em frente a igreja para uma bonita festa que acontece anualmente.

Igreja de Santo Antônio em São João Del Rei

Original em sua construção, a Igreja de Santo Antônio possui uma porta em pedra polida que atrai a atenção dos visitantes pelos detalhes. Seu interior, com arquitetura em jacarandá, pinturas e entalhes dourados do estilo rococó também impressiona quem quer a conhecer de perto.

Capela Nossa Senhora da Piedade em São João Del Rei

A Capela Nossa Senhora da Piedade tinha um objetivo diferente das igrejas anteriores: ela foi construída em frente à cadeia pública da cidade para que os presos pudessem participar das missas aos domingos e também em dias santos. Após a transferência da cadeia para outro local da cidade, a capela passou a ser aberta aos fiéis nas celebrações da Quaresma e da Semana Santa.

Capela Nossa Senhora das Dores em São João Del Rei

Inaugurada em 1918, a Capela Nossa Senhora das Dores, de estilo neogótico, é popularmente conhecida como a Capela da Santa Casa, pois pertence à Santa Casa de Misericórdia.

Em dias de muita luz, os visitantes apreciam um espetáculo de cores no interior da capela, proporcionado por seus lindos vitrais.

Capela do Senhor dos Montes em São João Del Rei

Construída em meados de 1840, a Capela do Senhor dos Montes localiza-se no caminho para o Alto da Bela Vista.

No século 19, a capela sediava a famosa Festa de Santa Cruz, que contava com a participação de muitos fiéis em uma grande procissão.

Capela do Senhor do Bonfim em São João Del Rei

A Capela de Nosso Senhor do Bonfim foi construída em 1769 por José Garcia de Carvalho. A construção possui uma nave e um altar único bastante modestos.

Durante muitos anos, a Independência do Brasil foi comemorada no local, que fica na Praça do Bonfim.

Um espetáculo à parte que envolve igrejas e capelas da cidade de São João del Rei são os sinos, com seus badalos que se comunicam com toda a população. Pelo repique, dobre ou toques, os moradores sabem onde acontecerá a missa, o horário, quem a celebrará, entre muitas outras informações.

Ficou com vontade de visitar São João del Rei? Lembre-se que os festejos religiosos acontecem principalmente durante a Quaresma e a Semana Santa! Se você se interessa por estas atividades, esta época é ótima para aproveitar os passeios e conhecer todas as igrejas. São João del Rei não se resume somente ao turismo histórico e religioso, leia neste post mais opções sobre o que fazer em São João del Rei. Se você já visitou alguma delas ou gostaria de sugerir outra, conte para nós nos comentários!

Foto: http://www.flickr.com/photos/marmotafeliz/5932514004/

Acrescente seu comentário...