Blog

Pontos turísticos da Chapada dos Guimarães

A Chapada dos Guimarães sempre surpreende quem a visita! Para se programar melhor conheça nossa lista com os pontos turísticos da Chapadas dos Guimarães!

Pontos turísticos da Chapada dos Guimarães

Sabe aquela expressão “de queixo caído”? Então…é assim que as pessoas ficam quando visitam a Chapada dos Guimarães. A formação de chapadões, as inúmeras cachoeiras, corredeiras e cavernas representam a exuberância da natureza. Por lá, não faltam opções de passeios pelos paredões avermelhados, que parecem verdadeiras esculturas.

É um roteiro que envolve passeios por onde, no passado, já foi habitat de dinossauros. Não adianta separar apenas um dia para curtir o roteiro. É preciso disposição para conhecer, principalmente, a Cachoeira Véu da Noiva, que é símbolo da cidade.

Cachoeira Véu da Noiva

Esse é o principal ponto de visitação do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Com uma queda livre de 86m, o lugar atrai visitantes do mundo todo que ficam impressionados com as paredes de arenito. Para admirar esse parque é possível ficar em um mirante, na entrada do Parque, ou chegar, através de uma trilha. Contudo, é preciso autorização do Ibama. Vale destacar que é proibido chegar perto do lago.

 

pontos-turisticos-chapada-dos-guimaraes-veu-da-noiva

Foto: www.wilsonizidoro.com

Endereço: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada à Cuiábá)

Valor da Entrada: Gratuita

Rio Paciência

 Perfeito para quem quer dar um mergulho, o rio fica bem pertinho da rodovia. Com águas calmas e cristalinas, fascina quem chega para se refrescar. Lugar calmo, é um ótimo passeio para quem está com crianças. Mas, claro, nunca devem ficar sozinhas. O rio tem uma profundidade de um metro e meio.

 

rio-paciencia

Foto: www.youtube.com

Endereço: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada à Cuiábá)

Entrada: R$ 5,00 por pessoa

Mirante Morro dos Ventos

Na verdade, esse ponto é um restaurante, que oferece uma das melhores comidas regionais. Mas, o local é privilegiado. Ele possui uma plataforma que tem uns 200 metros de altura, ou seja, perfeito para admirar todo visual. Então, supere o friozinho na barriga e encare o deck, pois vai valer a pena. Lá tem horário para funcionar: 8h às 16h.

mirante-morro-dos-ventos

Foto: www.panoramio.com

Endereço: Av Morro dos Ventos.

Valor da Entrada: R$ 20,00 por carro, além do que consumir no restaurante.

 Mirante do Ponto Geodésico da América do Sul

Ao chegar nesse ponto é possível ver tudo. Essa é a melhor palavra para definir a vista panorâmica deste lugar. Não é a toa que esse é o segundo cartão postal do município. Com uma altura de 845 metros de altitude, é possível ver toda Cuiabá. Nos meses secos, que o céu fica limpo, a visão é ainda mais perfeita. A vista noturna também é uma atração a parte.

O Mirante é considerado o ponto central da América do Sul. Fica a uma distancia 1.600 km do Oceano Pacífico e do Oceano Atlântico.

Endereço: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada à Campo Verde)

Valor da Entrada: Gratuita

Trilha Ecológica do Restaurante Penhasco

 Essa trilha faz parte de um restaurante e o preço da comida já envolve esse passeio. Vale fazer a caminhada antes de almoçar. O caminho mais curto tem uma caminhada de 1770 Metros, já o mais longo com 2000. Durante o trajeto você passa por uma mata, que dá em um deck, espaço para respirar o ar mais puro.

 trilha-ecologica-do-restaurante-penhasco

Foto: www.chapadamt.com.br

Endereço: Av Penhasco (você terá acesso entrando pelo restaurante)

Valor da Entrada: R$ 5,00 por pessoa

 Ponta do Campestre

Com uma altura de 845 metros, esse é mais um lugar para observar os chapadões e toda mata. De lá também é possível ver a toda Cuiabá, que fica a 30km em linha reta. Lugar perfeito para ver na lua cheia a noite.

ponta-do-campestre

Foto: www.chapadamt.com.br

Endereço: O acesso é pelo restaurante Mirante Atmã – Caminho Casa dos Sonhos, Serra do Atimã – Bairro Lavrinha

Valor da Entrada: R$ 40,00 por carro

 Morro São Jerônimo

 É preciso um preparo físico para encarar esse ponto turístico. É um desafio para quem curte trilhas pesadas e muita aventura. Isso porque, em várias vários trechos, é preciso fazer uma espécie de “escalaminhada”, pois o trecho é bem íngreme. Mas, todo esforço é recompensado ao chegar ao local.

São 20km de trilha (ida e volta) e o seu topo são 850 metros de altitude. Pelo caminho é possível ver os paredões esculpidos pela natureza. A cada subida é possível ver vários ângulos da região.

E o que não falta por lá são histórias de quem já passou. Há crenças que dizem ser local para pouso de discos voadores. Outros dizem que é possível ver duendes e gnomos.

morro-sao-jeronimo

Foto: www.panoramio.com

Endereço: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada à Cuiábá no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães)

Valor da Entrada: Só pode entrar nessa trilha acompanhado de um guia. É preciso verificar, em algumas agências de turismo o valor do guia.

O Circuito das Cachoeiras é um passeio que deve ser feito por todos os turistas. Ele pode ser feito com cinco horas de duração e inclui a visita a sete quedas d’água, entre elas, a das Andorinhas, que é uma das melhores para banho.

Nesse passeio também é possível ver a famosa Casa de Pedra, que é uma caverna de arenito.

Endereço: Acesso pelo km 51 da MT-251 p/ Cuiabá, 14 km (2 km de terra), Portão do Mata Burro

Valor da Entrada: É preciso estar acompanhado de um guia. As agências costumam cobrar em torno de R$ 160 por pessoa.]

Confira nossos posts sobre o clima e como chegar na chapada para lhe ajudar na programação de sua viagem!

Gostou das nossas dicas? Tem alguma sugestão? Escreve pra gente aqui nos comentários!

Boa viagem!

Foto de capa: guiadoturismomatogrosso.com.br/

Acrescente seu comentário...