Blog

Guia de Caldas Novas

Conhecida como a maior estância hidrotermal do mundo, essa pequena cidade se transformou em um dos maiores destinos turísticos do interior do país. Com uma enorme gama de hotéis e pousadas para atender aos milhares de visitantes ao ano, Caldas Novas se dedica a preservar os recursos naturais descobertos ainda no século XVIII para proporcionar aos visitantes uma experiência inesquecível nas famosas fontes de águas terapêuticas. Veja nesse post nosso Guia de Caldas Novas!

Guia de Caldas Novas

Caldas Novas fica no estado de Goiás a 165 km da Capital Goiânia. A população da cidade é de 79.705 habitantes e ocupa uma área de 1.595 km². Seria uma cidade pequena e pacata se não fossem por suas fontes de águas termais, que atraem quase 1 milhão de turistas por ano. Caldas Novas têm mais de 80 poços ativos atualmente, e a temperatura da água varia entre 30ºC e 58ºC.

A alta temporada em Caldas Novas ocorre no inverno, principalmente em julho. As temperaturas baixas atraem os turistas que procuram se banhar nas águas quentes. Seu clima é classificado como tropical com estação seca, ou seja, é bem seco no inverno e chuvoso no verão. A temperatura é em geral amena, com uma média de 24ºC. Mesmo nos meses mais frios, as temperaturas não chegam a baixar muito como em outras regiões do país. Aliás, as máximas no inverno podem chegar a 28ºC durante o dia pois geralmente o céu fica bem aberto. A quantidade de chuvas vai aumentando com a chegada da primavera e do verão. No outono também há maior possibilidade de chuvas.

História de Caldas Novas

A cidade de Caldas Novas foi descoberta por Bartolomeu Bueno da Silva em 1772, enquanto procurava ouro. Acabou se deparando com as fontes de águas termais, utilizadas na época somente pelos habitantes nativos da região, os índios. Porém, o primeiro habitante a se fixar na cidade foi Martinho Coelho de Siqueira, um garimpeiro de São Paulo.

Caldas Novas atraía habitantes a procura da riqueza do ouro e por causa das fontes. As casam iam sendo construídas ns margens do Córrego das Lavras. A data oficial de fundação de cidade é 21 de outubro de 1911 – até então era chama de Caldas Novas de Santa Cruz -, quando conseguiu sua autonomia política de Vila Bela de Morrinhos.

Martinho Coelho deu início às construções de espécies de banheiras feitas de pedra para o uso das fontes hidrotermais. A fama dos benefícios terapêuticos das águas já se espalhava pel região, atraindo diversos moradores dos arredores que buscavam tratamento ou alívio para doenças como reumatismo e asma.

Assim, desde a descoberta de Caldas Novas por seus primeiros desbravadores, as fontes termais já eram grande pólo de atração de moradores da região que sabiam dos benefícios de se banhas naquelas águas. Em um longo caminho, a cidade se tornou a maior estância hidrotermal do mundo

aguas-termais

Foto: http://www.clickgratis.com.br/

Fontes Hidrotermais em Caldas Novas

Fonte termal nada mais é do que a emergência para superfície de água com temperatura elevada, geralmente alguns graus acima da temperatura do corpo. Sua origem é resultado de um processo que hoje já é estudado e conhecido, mas durante muitos anos foi alvo de muitos mitos e crendices. O que não são mitos são suas inúmeras propriedades terapêuticas. Ou seja, ao conhecer Caldas Novas, você não só se diverte mas de quebra também acaba cuidando da sua saúde. 

  • Origem das fontes hidrotermais

 É um processo bem simples: a água da chuva é escoada para terra pelas rachaduras e fissuras. A cada 33 metros de profundidade, a temperatura da água aumenta 1ºC. A água fica presa em reservatórios abaixo da terra que ficam em média a 1.500 metros de profundidade, e vai ganhando pressão e temperatura também devido ao calor das rochas.

Essa pressão faz com que, se houver um caminho, como rachaduras grandes entre as rochas, ela suba bem rápido à superfície terrestre. Neste caminho ela não perde muito calor e por isso sai morna, formando as fontes hidrotermais.

  • Benefícios das águas termais

Desde a Grécia Antiga os banhos de imersão em fontes termais tinham objetivo terapêutico. As propriedades terapêuticas dessas águas são atribuídas à sua composição química: por ficarem em contado com as rochas de camadas mais profundas, acabam absorvendo gases, sais minerais e os chamados oligoelementos (elementos químicos que todos os serem vivos possuem em baixa concentração e são fundamentais para sua existência). A mais vantagem de se banhar nessas águas é que elas melhoram a circulação do sangue e possuem propriedades antiinflamatórias, podendo aliviar sintomas de dor. Além disso, melhora sintomas de doenças da pele, estimula do metabolismo, tem ação antialérgica (bom para quem tem bronquite e doenças alérgicas) e auxilia nos sintomas de quem tem reumatismo crônico.

 aguas

http://ecoviagem.uol.com.br/

Quando você planejar sua viagem à Caldas Novas, se prepare para – além de se divertir muito nos diversos parques aquáticos e conhecer de perto as famosas fontes hidrotermais, lindos pontos turísticos e a gastronomia de Goías – cuidar um pouco da sua saúde e bem estar. Melhor do que isso não há!

Partiu Caldas Novas! Boa viagem!

Foto capa: www.partiuviagens.com.br

Acrescente seu comentário...