Blog

Guia de Búzios – RJ

Considerada a Saint-Tropez do Brasil, em referência ao famoso e chic balneário francês, a praia de Armação dos Búzios no Rio de Janeiro é chamada por todos apenas por Búzios. A península onde está localizada é mundialmente conhecida e procurada por quem quem conhecer o litoral do Rio de Janeiro além da capital. Suas belezas naturais e pontos turísticos merecem uma visita.

Confira o guia de búzios especialmente preparado para você aproveitar ao máximo a estadia com dicas de história, quando ir, como chegar, onde se hospedar, comer ou se divertir!

Geografia e Localização da Praia de Búzios

A cidade de Armação dos Búzios, localizada na região dos Lagos no estado do Rio de Janeiro e está situada a pouco mais de 170km da capital fluminense. A oeste de Cabo Frio, é um dos principais roteiros turísticos brasileiros com clima bastante agradável durante todo o ano.

Localizada em em uma península do recortado litoral do Rio de Janeiro, tem pouco mais de 8km de extensão e é dividida em 23 praias diferentes. Algumas banhadas por água mais fria, por conta das corretes vindas do Pólo Sul, outras com água mais quente, que recebem correntes marítimas vindas do Equador.

Os todo, são 8km de praias, sendo as mais conhecidas: Brava, Olho de Boi, Manguinhos, Armação, Ferradura, Ossos, Tartaruga…cada uma com suas próprias características e belezas naturais.

A formação rochosa da península é muito antiga, com formação de aproximadamente 520 milhões de anos. A região é considerada o Himalaia Brasileiro, pois sua formação geológica é similar à da montanha mais alta do mundo.

buzios

Foto: revistaexclusive.com.br

Um pouco da história de Armação dos Búzios

Povoada desde o ano mil, primeiramente por índios, na ocasião da chegada dos primeiros exploradores no Brasil a região era habitada pelos índios Tamoios. Estes então passaram a conviver intensamente com os corsários da França, que iam para a região comprar pau brasil e pimenta. Uma das praias, a chamada Caravelas, recebeu este nome por ter sido o local onde atracou Américo Vespúcio em 1503.

Do século dezessete vem o nome de outra praia da península: João Fernandes, que foi condenado a morrer no tronco por ter burlado a proibição da época de pescar na baía de Búzios. Essa atividade simples havia sido proibida para que a região não pudesse se sustentar.

 pesacdores

Foto: www.visaolaflora.com.br

Formação da cidade de Armação dos Búzios

A origem do nome da cidade é controversa. É possível que a vila de pescadores passou a ter este nome por ser o local onde atracavam os navios pescadores de baleias. A versão com mais crédito é pelo fato da península contar com grande quantidade de moluscos gastrópodes nas suas areias, que os colonizadores portugueses costumavam chamar de búzios.

A região ocupada por índios, jesuítas e fazendas com mão de obra escrava recebeu colonização definitiva entre 1750 e 1870. Com o fim da escravidão em 1888, o território começou a ser organizado em comunidades com grande diversidade de origens: portugueses, negros, nativos e estrangeiros que fixavam residência, atraídos pelas belezas naturais da península.

Armação dos Búzios passou a ser município no ano de 1996.

concha

Foto: www.astrocentro.com

Búzios, antes do turismo

Após o surgimento do povoado, a praia tornou-se ponto importante para caça de baleias e extração do óleo, importante elemento para iluminação das cidades. Os ossos das baleias capturadas e abatidas eram enterrados na Praia dos Ossos.

Já na década de 30, um estrangeiro foi o responsável pelo desenvolvimento da economia local: Eugene Honold adquiriu grande parte das terras da região para o cultivo de banana para exportação. Mas a produção não prosperou: um incêndio destruiu o bananal e ele foi embora do local. Duas décadas depois, seus herdeiros fundaram uma companhia e deram início às preservação de prédios antigos, com a intenção de atrair turistas.

A fama de Búzios

Nada foi tão importante para alavancar a fama internacional da praia de Búzios do que a presença ilustre da atriz francesa Brigitte Bardot. Grande símbolo sexual dos anos 50 e 60, ficou conhecida mundialmente após protagonizar o filme E Deus Criou a Mulher… A partir de então, sua presença, onde quer que fosse, era motivo de histeria.

E não foi diferente quando Bardot aportou em Búzios, em 1962, a convite de um amigo russo, representante da ONU no Rio de Janeiro. A cidade, que passou a receber turistas para veraneio na década de 50, virou foco das atenções mundiais com a presença da estrela. Muitos fotógrafos vieram registrar a vinda da francesa no refúgio brasileiro.

A presença da atriz na cidade pode ser percebida em diversos pontos turísticos, como a Orla Bardot e a famosa estátua da atriz.

Isso comprova que turista por Búzios não é só para quem gosta de praia não, pois a cidade oferece de tudo um pouco. Belas paisagens, muita história e aventura podem fazer parte da programação de quem escolhe o local para as férias. O destino de turismo também inclui boas opções de pousadas; ótimos restaurantes; praias para descanso ou esporte; diversas atividades para quem procura ecoturismo e muita balada.

brigitte-bardot-e-bob-certa

Foto: http://www.heloisatolipan.com.br/

Com  tanta informação acabaram as desculpas para programar sua próxima viagem para Búzios, não é mesmo?

Tem dúvidas ou sugestões? Compartilhe com a gente nos comentário.

Acrescente seu comentário...